fbpx

Por que estamos tão CANSADOS? [Dica de Ouro para ficar Mais Disposto!]

As maiores causas de sentirmos o nosso corpo e mente tão exaustos podem não ser tão óbvias assim…

Será que se conseguirmos entender quais são estas causas podemos eliminá-las e ficarmos mais DISPOSTOS e MOTIVADOS?

É CLARO QUE SIM! Veja como a seguir!

Trabalho, filhos, relacionamento, contas a pagar: tudo isso, entre outras preocupações, acarreta num peso enorme para a mente, que acaba fazendo com que ela fique ‘cansada’ consequentemente afetando o nosso corpo também.

Por isso, não é só o corpo que precisa de momentos relaxantes para se recuperar da demanda de tarefas enfrentadas diariamente, a mente também precisa.

  • Mas como posso relaxar a minha mente se eu não consigo parar de me preocupar?
  • Como consigo relaxar mentalmente se o meu cérebro não desliga nem na hora que eu vou dormir pois acabo sonhando?

Na verdade a solução para estes problemas que assolam a maior parte das pessoas é bem simples e você a encontrará no final deste artigo, ela só demanda disciplina, é claro.

“Nosso organismo é um sistema inteligente, com partes que dependem umas das outras e funciona por ordem e necessidade. Um exemplo que podemos dar é o processo de digestão que começa logo após as refeições. Neste momento, boa parte do fluxo sanguíneo segue para o sistema digestivo para ajudar nessa fase de transformação do alimento em nutrientes.

Se, simultaneamente, você praticar outra atividade, por exemplo, exercitar-se em alta intensidade, corre o risco do corpo entrar em colapso“, compara o psicoterapeuta Robby Ares.

Cansaço físico ou mental?

Esta é uma ótima pergunta e com certeza deve ser avaliada por nós mesmos todos os dias, pois a maneira como a qual o nosso organismo se sente fisicamente pode influenciar e até mesmo confundir quem está com a mente exausta.

“O cansaço mental exige do nosso cérebro uma concentração e uma energia maiores do que o normal para operar qualquer tarefa cognitiva. Essa sobrecarga eventualmente causará uma perda de desempenho em alguma das outras atividades do corpo, proporcionando o mau funcionamento em outras áreas”, completa Robby.

E um dos fatores diretos que o seu cansaço mental pode aftar o seu corpo é através da INSÔNIA, quando estamos muito preocupados, com pensamentos que nunca param, uma das primeiras coisas que perdemos é o sono, e se não conseguimos ter uma boa noite de sono, consequentemente acordamos no outro dia ainda mais cansados.

Segundo o psicoterapeuta, a mente pode responder de diversas formas, manifestando sintomas como:

  • Dores de cabeça constantes;
  • Insônia;
  • Distenções musculares;
  • Falta de vitalidade;
  • Pressões na coluna;
  • Dores generalizadas pelo corpo;
  • Fibromialgias (síndrome que resulta em diversas dores no corpo por períodos extensos).

Os motivos

Veja bem, além de atividades que exigem concentração e foco por muitas horas, o “excesso de informações comuns no dia a dia, problemas de sono e desgaste emocional decorrente de problemas afetivos ou profissionais” são alguns dos motivos apontados por especialistas.

O cansaço mental pode ter sua origem em outras causas, infelizmente na maioria das vezes consideradas inofensivas.

Por exemplo, o exercício de pensar em determinado assunto repetidamente pode resultar no estresse da mente, tal como preocupar-se demais com alguma situação ou apresentar comportamento compulsivo por alguma coisa (o chamado TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo).

Além disso, segundo Robby, “tentar manter o controle total ou perfeccionismo das tarefas do dia a dia, cultivar pensamentos destrutivos e negativos, prender-se ao pessimismo (realismo em excesso), agarrar-se a conceitos pré-definidos (preconceitos), manter a crítica e autocrítica em alta (fazendo muitos julgamentos de si próprio ou dos outros)” são fatores altamente eficazes para aumento do estresse, tensão e pressão na nossa mente.

Evolução do estresse

Mas é importante ficarmos atentos para o fato de que o estresse pode ser tanto passageiro (recorrente do acúmulo de inúmeras tarefas desempenhadas ao mesmo tempo durante o dia, como trabalho, estudos, tarefas domésticas e obrigações familiares) quanto crônico (quando sintomas como ansiedade, tristeza e até mesmo um quadro mais grave, como depresão) se prolongam por um longo tempo, sem cessar.

“Atualmente, o ser humano lida com várias coisas ao mesmo tempo e quer estar ligado em tudo. Com essa vida corrida, cuja pressão no trabalho com o curto período de tempo para cumprir prazos e projetos, acabamos por realizar muitas atividades estafantes, ao mesmo tempo, e isso nos proporciona estresses eventuais.

Porém, se nos deixarmos levar por esse excesso de atividades mentais intensas e exaustivas de um modo contínuo e sem alternar com pausas, meditação e momentos de relaxamento ou lazer, é importante buscar ajuda, pois o estresse poderá caminhar para um estágio crônico”, finaliza Robby:

O Cansaço mental exige do nosso cérebro uma concentração e energia maiores do que o normal

COMO ENFRENTAR

Se os sintomas do cansaço mental têm se manifestado frequentemente, é a hora de procurar formas de relaxar a mente, o Mindfulness é uma das principais formas de alcançar esse relaxamento e desenvolver maneiras de gerenciar melhor o seu estresse.

Quer conhecer os 5 Benefícios do Mindfulness no seu ambiente de Trabalho?

Confira o Infográfico Abaixo!

» Clique Aqui para baixar uma versão em Alta Resolução desse infográfico «

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness com atuação na área esportiva e empresarial. Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers Trainers Association (IMTA) e Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA).