fbpx

FÁBIO PEDREIRA – SÃO PAULO

Transformação Corporal - Fábio Pedreira

“Sempre fui entusiasta dos esportes, no início da minha vida adulta pratiquei musculação, mas antes disso participei de várias modalidades esportivas, e mesmo sem saber fui praticante de calistenia – muitos exercícios que eu realizava em casa antes de ingressar na academia eram bem parecidos com o que temos no programa de treinamento que pratico hoje. 

Após 15 anos de total sedentarismo, decidi que tinha de fazer alguma coisa, então comecei a praticar os mesmos exercícios que fazia na adolescência. Isso durou um mês e então procurei mais orientações de treinos baseados no peso do corporal.  

Encontrei muita coisa legal, mas há 6 meses eu vi um vídeo de transformação surpreendente e isso mudou o rumo da minha história de vida. Depois de ver esse vídeo, não pensei duas vezes  em começar, mas estava cético quanto aos resultados. 

Nunca tive problema com a forma física em si, mas melhorar é sempre bom, minha maior motivação de praticar HIIT com Calistênico foi o fato de que o método se conformava com a minha atual situação sem a necessidade de ir a academia pra fazer aquele treino “puxado” (e eu pensava que sabia  que era treino puxado), e como minhas dores nas costas aumentavam cada vez mais, percebi que uma atividade física poderia me ajudar nisso e para minha surpresa, elas praticamente sumiram. 

No meu primeiro treino quase “morri”, completei os exercícios em quase 9 minutos, mas quando olhava para os tempos do praticantes mais avançados, pensava: “Ou é mentira ou eu estou muito mal”. Hoje consegui baixar para menos da metade desse tempo e continuo progredindo, vi que além de ser verdade, era possível, e eu sim, estava muito mal, mas tudo que está ruim pode melhorar! 

Confesso que não sou um exemplo de disciplina quando a questão é dieta e alimentação, e também optei por não suplementar. Aliado a isso, estou com 39 anos, então a vitalidade já não é mais a mesma, mas é importante dizer que o que consegui nesses 6 meses, não teria conseguido em nenhum outro lugar, porque foi com a musculação que minhas dores nas costas começaram, e agora com peso corporal apenas elas já estão cada vez mais distantes. 
 
Se você ainda está pensando em começar, aja agora, para o seu próprio bem. Seu corpo precisa, mas ele não quer, então você tem que querer, porque do contrário ele te conduzirá para uma qualidade de vida da qual você só poderá se arrepender, então, antes que seja tarde, tome a iniciativa e domínio do que é seu. Se você não fizer isso, ninguém mais fará!”

Escrito por Fábio Pedreira

Sobre Autor

Convidado do Spartancast

Perfil responsável por posts de convidados, amigos e parceiros do Spartancast.