fbpx

Aprenda Definitivamente Como Ter Uma Vida Equilibrada

Extremos são fáceis lute pelo equilíbrio

Você tem uma vida equilibrada?

Muitos de nós têm uma aparente ideia do que é o equilíbrio, mas na maioria das vezes isto não é suficiente para cultivar uma verdadeira sensação de bem-estar pois sempre nos sentimos na corda-bamba.

A verdade que até mesmo eu que busco ser melhor que ontem todos os dias dificilmente consigo me manter de maneira 100% equilibrada. Eu adoraria que a dinâmica da vida funcionasse desta maneira, mas a realidade é que as coisas não são tão pretas no branco assim, e tem vezes que eu foco mais os meus esforços no desenvolvimento físico e em outros momentos acabo focando mais no mental e espiritual.

Apesar de termos a consciência plena da importância de manter esse equilíbrio entre o físico, mental e espiritual, nós somos como o sino que para fazer som precisa ter seu pêndulo se chocando contra os extremos, ou seja as paredes do sino, quando na verdade sabemos que a paz e o equilíbrio está justamente no caminho do meio, quando o pêndulo está parado bem no meio do sino, sem fazer som algum.

Mas somente quando eu aprendi a relaxar diante desta busca quase que impossível pelo equilíbrio, eu finalmente o encontrei… Afinal, o que perseguimos com muita força foge de nós.

Imagine a sua vida como a roda de uma bicicleta:

No centro da roda está você (o ponto exato do eixo onde a energia é exercida fazendo a roda girar); saindo do centro temos os raios desta roda que representam as diferentes áreas da sua vida: saúde, riqueza, relacionamentos, carreira/propósito/paixões, diversão, e espiritualidade/crescimento pessoal. Na parte externa temos o aro, ao qual representa as suas experiências.

A roda foi feita para girar de maneira suave e harmoniosa. Quando todos os raios estão adequadamente “tensionados” (possuindo a mesma quantidade de energia fluindo através deles) o aro fica perfeitamente redondo sem nenhum tipo de empeno, e assim a roda pode girar sobre o solo da melhor maneira possível.

Mas se um ou mais raios estão muitos tensionados (colocando muita energia) ou possuem uma menor tensão (quando ignoramos algum aspecto que não julgamos como importante na nossa vida) o aro fica empenado fazendo com que a roda não gire suavemente.

É incrível o quão a vida fica mais fácil e divertida, quando deliberadamente nos empenhamos em buscar este equilíbrio, mas isto não se trata apenas de gastar a mesma quantidade de tempo e energia nestes variados aspectos da nossa vida.

Sim, é claro que  este tipo de equilíbrio é muito importante. Você não quer ser, por exemplo, tão focado apenas em fazer dinheiro e negligenciar a sua família e a sua saúde. Mas mesmo assim todos nós entendemos que este tipo de equilíbrio, não é sempre tão fácil de ser atingido.

No entanto existe uma espécie de equilíbrio que pode te ajudar a fazer pequenos ajustes nos raios desta roda, e, que finalmente te levarão a um balanceamento maior em outros aspectos da sua vida como um todo.

Eu chamo isto de “equilíbrio divertido.”

Na maior parte do tempo, nós estamos tão envolvidos em nossas responsabilidades e obrigações, e sempre tentamos fazer as melhores escolhas. Mas – as vezes, a “melhor” escolha é relativa e pode te levar a um estresse e ansiedade desnecessários.

Como a seguinte citação sugere:

“Equilíbrio é a chave em tudo o que você faz. Dance a noite toda e pratique Yoga no próximo dia. Beba vinho, mas não esqueça do chá verde. Coma chocolate quando o seu coração desejar e salada quando o seu corpo precisar. Ande de sapato no sábado e caminhe descalço no domingo. Viva os seus altos e baixos. Mova-se e permaneça parado. Aceite e abrace todos os lados de quem você é. Seja bravo, ousado, espontâneo e barulhento e deixe isto complementar as suas habilidades para achar o silêncio, paciência, modéstia e paz. Busque o equilíbrio. Faça as suas próprias regras e siga o seu próprio caminho, não deixe ninguém dizer como você deve viver a sua vida.”

Você provavelmente já deve ter ouvido falar de Pareto e sua regra do 80/20, onde 20% das suas ações são responsáveis por gerar 80% dos seus resultados. Você pode aplicar isto para criar um alicerce de equilíbrio mais agradável, mas com uma pequena alteração.

Você pode tentar se manter responsável e consciente pelos 80% do tempo e permanecer 20% com uma atitude mais livre, divertida e brincalhona. Você pode manter uma alimentação totalmente saudável por 80% do tempo e então aproveitar o fast-food e outras guloseimas por 20% do tempo restante. Você pode atender as suas obrigações sociais por pelo menos 80% do tempo e pode tirar um tempo só para você por 20% do tempo.

Apenas, relaxe!

Em resumo, obrigar a si mesmo a sempre seguir exatos padrões de atuação e se esforçar para atingir a perfeição em 100% do tempo podem na verdade criar muita tensão, te fazer infeliz e insatisfeito.

Então – apenas relaxe e divirta-se em algum lugar inesperado. Mesmo os 80% de maturidade e 20% de ingenuidade irão promover um maior equilíbrio para a sua vida, sem se sentir como se estivesse trabalhando o tempo todo ou como se tivesse assumindo uma nova obrigação.

É incrível como apenas 20% de nossas ações podem nos fazer feliz por quase 100% do tempo pois bons sentimentos podem influenciar os 80% que podem parecer bons e responsáveis mas não são tão divertidos!

E assim, a regra do 80/20 ainda se mantém: 20% de suas ações será mais responsáveis por influenciar a sua felicidade do que os outros 80%, e onde existe a felicidade, também existe um senso de equilíbrio e bem estar.

Pronto para adotar uma atitude mais positiva quanto a esta sensação de uma vida mais equilibrada? Então deixe o seu comentário e assuma um comprometimento em público para uma vida mais simples e plena!


Also published on Medium.

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness com atuação na área esportiva e empresarial. Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers Trainers Association (IMTA) e Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA). Master Trainer de Mindfulness da IMTTA e representante do SOMA Awakening Breathworks no Brasil.