fbpx

RODRIGO LEME – SÃO PAULO

Transformação Corporal - Rodrigo Leme

 

“Olá Espartanos!!!!!

Sou Rodrigo Torres Leme, resido em São Paulo e sempre na minha vida tive a famosa saliência abdominal!

Desde a minha infância nunca me importei com a minha saúde, ou melhor, ela nunca foi um problema pra mim. Sempre tive aquela pancinha avantajada, porém depois que me formei no colegial e fui para a faculdade as coisas mudaram radicalmente.

Na época de escola sempre fui muito ativo, e apesar de não ser um bom esportista, jogava futebol, basquete, fazia ginástica olímpica, e sem dúvida me mantinha de forma a não engordar TANTO.

Houveram muitos acontecimentos que contribuíram de forma gradual com o meu aumento de peso. Eu era viciado em jogos online, e depois que meus pais se separaram, ficava muito tempo sozinho em casa e para me alimentar, abusava de comidas nada saudáveis (lê-se hambúrguer, batata frita e coisas altamente gordurosas, que por sinal eram extremamente gostosas) sem medo de ser feliz. Passava infinitas horas sem comer e depois, comia como se fosse a última refeição da minha vida.

Quando comecei a trabalhar e fazer faculdade, os problemas se agravaram. Eu continuava abusando dos lanches e sanduíches equipados com muita gordura, além dos roles que tinham muitas bebidas (não era alcoólatra, mas bebia por gosto) e a idade, que é um fator de “peso” na fragilidade da saúde.

Logo, já estava com problemas de sono, roncava tão alto quanto uma britadeira. Apareceram os triglicérides, colesterol, princípio de diabetes, princípio de pressão alta, descobri que era asmático e que pela minha condição física, 5 degraus que já era sufoco para mim , com as asma atacada tinha que subir de 3 em 3 degraus. Só fui descobrir que essas coisas existiam quando estava com os meus 20 anos.

Apesar de muita gente me perturbar dizendo que precisava cuidar da saúde, e quando digo muita gente, é gente pra caramba. Perdi as contas de quantas pessoas me alertavam e re-alertavam milhões e milhões de vezes sobre a condição da minha saúde. Meu pai sempre me falava, o que fazemos agora a conta virá com os 40 anos.

Achava tudo isso um porre quando o assunto era falar da minha saúde, porém no fundo mesmo sabia que tinha que mudar, era preciso fazer alguma coisa, mas por outro lado me sentia impotente, culpava os outros que não ajudavam e sim só me criticavam.

Passou-se muito tempo e com as condições de saúde piorando, formado da faculdade e trabalhando que nem um condenado, estava já sentindo um cansaço mental inimaginável. Isso começou a piorar meus rendimentos em tudo o que você possa imaginar. Passei a ficar irritado as vezes sem motivo aparente ou ficava irritado comigo mesmo por algo extremamente idiota.

Nesse momento que caiu a minha consciência e a gravidade da minha saúde devido as minhas escolhas e atitudes. Eu estava no extremo físico e mental. Nesse momento eu precisava cuidar deles. Me sentida cansado de tomar comprimidos e comprimidos, ter que fazer controle disso, daquilo e daquilo outro.

Fazia milhões de tratamentos e eu me sentia esgotado. Era um alerta do meu corpo me dizendo que estava esgotado, eu me sentia destruído, até já não aguentar mais dar desculpas pra tudo. Queria mudar e sentia que precisava de um tempo para mim! Aquilo já estava me matando fisicamente e agora mentalmente.

Tentei fazer academia com um parceiro mas veio um princípio de pneumonia. Desisti da academia e foquei na recuperação. Não tinha gostado de frequentar a academia, só tinha pessoal fortinho e me sentia horrível por isso. Achava que fazer os treino sem peso nas barras era extremamente vergonhoso.

Foi ai que conheci o Freeletics sem querer noFacebook. A sua proposta era interessante, treine em qualquer lugar e qualquer hora sem desculpas. Assinei o Coach logo de cara e quase morri no meu primeiro Metis. Depois fiz um 2/4 Zeus meia boca e novamente outro princípio de pneumonia. Desisti. Era muito intenso para minha condição física. Muitos falavam que eu queria morrer ou que eu era louco.

Me recuperei e deixei de lado o app. Era um app muito intenso e não tinha preparação para isso. Voltei para academia com o pessoal do trabalho, pois me incentivavam a me tornar um garoto fitness. Eles moravam longe, e como a academia me proporcionava treinar em muitas unidades, as vezes eu treinava com eles ou vinha para uma academia perto de casa, porém era muito cheio.

Tinha que esperar sempre pra usar a esteira, além de um instrutor que ficava enrolando para me passar um treino. Ele só falava pra fazer tal coisa e tal coisa, mas quando chegava uma mulher, meu amigo, ele na hora preenchia o papel de um treino e entregava.

No horário que eu frequentava a academia era muito cheio, não tinha outro horário possível para eu ir, e treinar com o pessoal era muito sacrificante pois tinha que atravessar a cidade e por fim, o instrutor não colaborava. Desisti, porém desisti somente da academia.

Meus olhos voltaram novamente para o Freeletics e tomei a decisão para mim mesmo. DESSA VEZ EU VOU ATÉ O FIM. Comecei a trabalhar mentalmente e buscar mais informação sobre o Freeletics. Procurei os grupos Freeletics SP e Freeletics BR no facebook e no whatsapp para treinar e surpreendentemente todos foram muito receptivos.

É um grupo que me deu muita força e motivação para seguir em frente. Muitos me deram dicas de como começar, visto que era asmático e precisava de certos cuidados. Até conheci uma outra pessoa asmática e vi que era possível, só precisava de certos cuidados.

Para iniciar decidi que tinha que perder alguns quilos por causa do excesso de peso, sentia dores no joelho. Pesava 110Kg, e a primeira meta estava definida. Pesar menos que 3 dígitos.

Assinei o Dieta e Saúde e comecei a cortar muita besteira. Meus pratos começaram a ficar mais coloridos e comecei a me alimentar a cada 3 em 3 horas. Comia muita fruta, aveia, iorgute desnatado e troquei refrigerante por suco.

Perdi quase 8KG em um prazo de um pouco mais que 1 mês quando veio a promoção do Coach do Freeletics em meados de Setembro. Queria chegar aos 99kg para começar a voltar ao Freeltics. Estava com 102kg e mesmo assim, dia 22 de setembro de 2015 assinei o Coach.

Comecei a treinar com um grupo no ibirapuera. Eles me motivavam, me orientavam, estavam sempre presentes dando a força para jamais desistir! Muitos deles já tinha resultados surreais e isso me motivava cada vez mais. Cheguei aos queridos 99kg.

Um lindo dia, entrando de férias, tive uma torção do joelho no aquecimento e fiquei afastado no mês de novembro e inicio de dezembro para poder fortalecer os ligamentos da patela que afrouxaram, causando desconforto ao andar e ao correr. Parecia que a patela estava sendo  arrancada.

Tinha medo que algo mais grave pudesse acontecer. Isso aconteceu porque era afobado e não respeitava o corpo. Queria muito emagrecer e já via as primeiras mudanças no corpo, porém o peso era praticamente o mesmo.

Voltei contudo em meados de dezembro. Eu havia ganhado 3kg nessa lesão. Esse tempo ficou perceptível como o foco e a determinação são tão importantes nesse processo de transformação.

Segui forte nos treinos, comecei a ouvir os Podcasts do EspartanCast, trocando experiência com a comunidade Freeletics, indo em todos os treinos coletivos e conhecendo mais pessoas. Admito, a mudança não é fácil, várias vezes pensei em desistir, de jogar a toalha e voltar a vida que levava, só que não era o que eu queria.

Passou-se algum tempo e somente no começo de março é que fui me dar conta dos meus resultados. Esses dias acabei vendo uma foto minha de quanto estava com 110kg.

Foi nesse momento que veio a tona toda a evolução, lembrei de todos os dias que queria desistir, dos dias que alguns dos espartanos me davam uma palavra de força e incentivo. Literalmente passou uma história na minha mente.

Para mim, na época escolhi esse caminho que era das pedras e hoje posso dizer que está sendo muito prazeroso! Estou me conhecendo cada dia mais, redefinindo limites, sendo mais persistente e focado. Mudei fisicamente e mentalmente.

Meus rendimentos aumentaram, meu sono melhorou e estou mais disposto! Tomei outra decisão. Precisava compartilhar a minha história quero mostrar que tudo é possível, basta foco, determinação e dedicação.

Hoje me sinto tão orgulhoso pela mudança das minhas atitudes e pela nova forma que adquiri de ver as coisas muito além das aparências.  A tudo isso sou grato a essa comunidade incrível da qual sou integrante.

Posso afirmar que essa comunidade é uma família, acordamos e dormimos motivando uns aos outros, trocamos experiências e todos com foco na mesma coisa: saúde e qualidade de vida.

Não há palavras para descrever essa sensação. É um estado de euforia, alegria, objetivo parcialmente cumprido, esperança e etc. Só tenho que agradecer a todos e estou aqui porque quero inspirar novas pessoas assim como a comunidade me inspirou a começar, e inclusive para escrever esse artigo também.

É uma sensação indescritível e por isso tudo se resume em: VALEU A PENA CADA TREINO, CADA SUOR, CADA TRISTEZA, CADA INCERTEZA, CADA SOFRIMENTO, CADA SEGUNDO DESSA JORNADA. HOJE SOU MAIS FORTE QUE ONTEM, MUITO MAIS FORTE DO QUE QUANDO COMECEI. ESTOU MAIS DETERMINADO E COM NOVOS OBJETIVOS.

Meu recado para aqueles que estão começando e os que já começaram é: Jamais desistam! Por mais difícil que pareça! Pois no final cada esforço é realmente recompensador. Você verá que no final tudo valerá muito a pena.

Por fim, hoje estou pesando 82kg, e apesar de ter perdido meus 28kg, meu objetivo não foi atingindo. Preciso perder mais um pouco para poder conseguir aquela definição desejada. A pior parte já foi, que é aceitar a necessidade da mudança e se tornar a mudança. Todos nós queremos, porém fazer é outra história, eu mesmo enrolei muito.

#NoExcuses

Muito obrigado a todos da COMUNIDADE!
Muito obrigado para aqueles que me pertubaram para emagrecer.

THIS IS SPARTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!”

Escrito por Rodrigo Leme

Sobre Autor

Convidado do Spartancast

Perfil responsável por posts de convidados, amigos e parceiros do Spartancast.