fbpx

Desmistificando o Processo da Meditação

Desmistificando a Meditação

Desmistificando a Meditação

Se a sua prática de meditação parece um esforço digno de Hércules e você não consegue parar de pensar, analisar e imaginar se está fazendo certo ou não. Então você está fazendo exatamente o oposto do que deveria estar tentando fazer. É por isso que quero desmistificar o processo de meditação para você.

O propósito da meditação é desacelerar suas ondas cerebrais e ir além da mente analítica e pensante. O que eu quero que você entenda é que você já sabe como fazer isso, porque você faz isso todos os dias.

Se você puder começar a sua prática da meditação com a compreensão de que tudo o que você está fazendo é relaxar seu corpo (como quando adormece) enquanto mantém sua mente consciente e desperta. E se você puder se aprofundar continuamente nesse estado de relaxamento enquanto concentra-se em nada – você irá abrir a porta entre a mente consciente e subconsciente.

A Escada da Consciência

Quando a mente consciente está acordada e funcionando otimamente, ela está operando no reino do estado de ondas cerebrais beta baixa ou média. Mas quando o cérebro está em ondas cerebrais beta alta, isso significa que ele está em um estado altamente alerta e excessivamente ativo. Em Beta Alta a sua mente está em um estado de estresse e ansiedade. Isso geralmente indica que alguém está vivendo em um modo de emergência – também conhecido como modo de luta ou fuga.

Quando você ultrapassa as ondas beta, a primeira camada do subconsciente é o estado de ondas cerebrais alfa. Em alfa, sua respiração naturalmente diminui, a voz em sua cabeça se acalma. E quanto mais você continua a relaxar, mais você começa a deslizar pela escada da consciência para os estados de ondas cerebrais teta e delta.

É preciso relaxar, ficar confortável e interromper o pensamento para mudar a fisiologia do seu cérebro e corpo – e você faz isso toda noite quando adormece.

O contrário também é verdadeiro. Quando você não consegue dormir à noite, normalmente é porque sua mente está correndo e você está processando pensamentos sobre sua família, trabalho, saúde, um evento perturbador que aconteceu no início do dia, e é claro – um cenário futuro nada agradável. Mas esse futuro nem aconteceu, ele na verdade nem existe.

A Química do Cérebro

Esse tipo de pensamento negativo e tortuoso fabrica substâncias químicas correspondentes no seu cérebro que sinalizam ao seu corpo para ele se sentir emocionalmente da mesma maneira que você está pensando. Uma vez que sentimos essas emoções como frustração, julgamento, medo ou raiva, tendemos a ter mais pensamentos iguais àquelas emoções auto impostas.

Quando isso acontece repetidas vezes, nosso corpo torna-se viciado nesses estados emocionais. E assim, torna-se viciado nos hormônios do estresse. E isto nos mantém ainda mais irritados retroalimentando essas mesmas emoções em um ciclo vicioso negativo.

Como resultado, em vez de mergulhar mais fundo na consciência, nossas ondas cerebrais sobem a escada para níveis ainda mais altos de atividade, as ondas cerebrais beta. Na verdade, é aqui que entramos no reino das ondas cerebrais beta alta e agora a sua mente analítica, também conhecida como seu crítico interno, está agora excessivamente ativa.

É através da nossa prática de meditação que podemos entrar no subconsciente e mudar nossos programas indesejados. Pense no subconsciente como o sistema operacional do cérebro. Ao entrar no sistema operacional do cérebro, podemos alterar hábitos, comportamentos e remover cicatrizes emocionais.

Se você não está tentando mudar nada, pode simplesmente se abrir para as infinitas possibilidades e criar algo novo a partir do desconhecido.

Corpo adormecido, mente acordada

Olhe para isto desta maneira – adormecer e acordar não é algo que temos que aprender a fazer, certo? É automático, nós fazemos isso todo dia.

Esses dois momentos do dia são quando a porta para a mente subconsciente se abre naturalmente. Quando vamos para a cama à noite, o neurotransmissor noturno da melatonina faz com que nossas ondas cerebrais passem de beta para alfa, de alfa para teta e de teta para delta.

Quando acordamos de manhã, a serotonina – o neurotransmissor diurno – cria o mesmo processo só que ao contrário. Nossas ondas cerebrais vão de delta para teta, de teta para alfa e de alfa para beta.

Quando fechamos os olhos e começamos o processo de meditação, nós literalmente mudamos a química do nosso cérebro. Saímos da serotonina para a melatonina, e assim nossas ondas cerebrais seguem o mesmo caminho. Quando nos sentamos e relaxamos o nosso corpo, paramos de pensar porque o nosso cérebro está naturalmente processando menos informações sensoriais.

Se pudermos permitir que nossos corpos comecem a adormecer enquanto estivermos cientes de nosso mundo interior. Então estaremos em um perfeito estado para iniciar o nosso processo de transformação e criação.

Assim como é mais difícil adormecer quando o vizinho está cortando a grama, ou o adolescente está tocando música hip-hop na sala ao lado. Também é mais difícil entrar naquele estado meditativo porque a informação sensorial externa nos mantém em nosso mundo exterior, ao invés de no nosso mundo interior onde a verdadeira transformação e reprogramação começa.

Conclusão

Como andar de bicicleta ou tocar algum instrumento, o que eu quero que você entenda é que relaxar o corpo e permanecer consciente é apenas uma habilidade a ser desenvolvida. Há uma razão pela qual chamamos a meditação de prática. Quando você pode relaxar completamente o seu corpo e permanecer consciente, este é o reino onde o desconhecido e o místico acontecem.

Sentindo a vastidão do espaço ao seu redor e tornando-se nenhum corpo, ninguém, nada, nenhum lugar, em nenhum momento… O seu corpo, as outras pessoas, as coisas em seu ambiente e eventos passados ​​e futuros não se tornam mais o objeto de sua atenção.

Você (como consciência – não como corpo) não está mais captando as informações sensoriais ao seu redor. O que significa que você não está mais vivendo com os hormônios do estresse. Nesse estado, você não está acordado, não está dormindo e não está sonhando; você está em um estado transcendental.

Este é o reino do desconhecido e é aí que a porta se abre para eventos como experiências fora do corpo, curas espontâneas e momentos místicos.

Então, da próxima vez que se sentar para meditar, eu quero que se lembre que você já sabe como fazer isso. Diminua a velocidade do processo e sinta-se em cada uma dessas etapas.

Fique atento, expanda a sua consciência em direção ao futuro que sempre desejou viver e conecte-se aos sentimentos desse novo futuro.

Saiba que a vida que você sempre quis viver espera por você. Você apenas tem que fazer a jornada.

Quer aprender a meditar na prática?

Desafio de 8 Dias de Meditação

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness com atuação na área esportiva e empresarial. Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers Trainers Association (IMTA) e Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA). Master Trainer de Mindfulness da IMTTA e representante do SOMA Awakening Breathworks no Brasil.