fbpx

Como a Atenção Plena pode transformar Atletas em Campeões

como a atenção plena pode transformar atletas em campeões

como a atenção plena pode transformar atletas em campeões

Pense na palavra meditação… Qual é a primeira coisa que vem em sua cabeça?

Se você é uma das pessoas que têm resistência a meditação por achar que ela está ligada a religião ou ao exoterismo saiba que você não está sozinho.

Podemos dizer que 90% da população compartilha exatamente da mesma opinião que você, porém os poucos que entendem a sua aplicabilidade prática e a importância da mesma para ter uma alta performance tanto na vida pessoal e profissional, quanto na vida esportiva, se destacam facilmente no meio da multidão.

Por que será que essa prática tão envolta em mistérios e tabus hoje vem sendo usada cada vez mais por atletas de alta performance e pessoas de sucesso?

Deixaremos esta pergunta no ar para que você a faça a si mesmo.

Como um bom atleta amador com certeza no mês dos Jogos Olímpicos no Brasil você deve estar acompanhando pelo menos algumas das competições de atletismo, e se prestou bastante atenção nos atletas se preparando para entrar em cena você deve ter reparado numa coisa em comum que todos buscavam momentos antes de partir para a ação…

Foco e concentração.

E não precisamos ir muito longe para facilitar a sua compreensão e identificação com o nosso artigo pois podemos transportar esta sensação para alguma situação do seu cotidiano… Se você é adepto do esporte de alto rendimento ou um profissional do mundo corporativo por exemplo, deve se lembrar que os momentos de maior produtividade e melhores resultados estavam sempre permeados por uma coisa em comum: O estado de concentração e foco da sua mente.

Por outro lado os dias mais frustrantes que você acaba com uma sensação ruim por não ter conseguido fazer nada certo ou terminado algo ao qual havia se comprometido a fazer geralmente está ligado a uma condição de confusão mental gerada pelo estresse que te impediu de se concentrar no que tinha de ser feito e se distraindo facilmente, correto?

Atenção Plena

A este estado mental de alta performance conhecido como meditação, a neurociência dá o nome de Atenção Plena, Inclusive um dos truques mais poderosos que Michael Phelps usa em sua preparação mental segundo o próprio nadador em uma entrevistada dada ao The Washington Post.

É claro que diversos outros fatores incluindo sua preparação e aptidão física fazem de Michael Phelps o maior campeão de todos os tempos.

Porém em uma de suas fotos destas Olimpíadas que  viralizou nas redes sociais fica muito claro que numa competição onde os maiores atletas do mundo competem entre si pelo pódio por uma diferença de milésimos de segundos, a presença, a atenção plena do campeão no aqui e agora tem sido o seu maior diferencial colocando-o no topo.

Michael Phelps ganhando

Enquanto o outro competidor está preocupado com a sua posição, Phelps foca somente na execução de cada movimento e no objetivo logo a sua frente.

Pode parecer simples…

Mas atingir um estado de atenção plena no presente é uma das coisas mais difíceis de se conseguir e exige muita prática, a prática consistente da meditação diária.

Vivemos numa era onde somos bombardeados por distrações o tempo todo… Talvez você tenha  dado uma escapulida do que estava fazendo para ler esta matéria porque viu o nosso post em sua timeline nas redes sociais.

Com certeza você enquanto lê isso já está pensando em outra coisa para fazer logo após, e, não tenho dúvidas que você está com o celular se não na mão, bem próximo de você e ao primeiro apitar ou vibrar você irá parar de ler imediatamente de ler o nosso artigo ou seja lá o que estiver fazendo para conferir, e se for importante você nem terminará esta leitura e se colocará a fazer outra coisa.

Mas se você ficar até o final te garanto que não se arrependerá!

Multitarefa o novo mal do milênio

Também vivemos numa época onde precisamos ser multitarefa para dar conta de tudo o que temos que fazer. Ou vai dizer que você nunca se pegou fazendo duas, três ou até 4 coisas ao mesmo tempo?

Dirigindo enquanto fala no celular, respondendo um e-mail enquanto fala com alguém no telefone, atualizando a rede social enquanto se exercita, lendo algo enquanto fala com sua mulher ou seu marido, e a lista vai. Se identificou? Pois é… Você não está sozinho.

É incrível como somos hábeis em focar nas preocupações do que temos a fazer no futuro ou nas frustrações pelo que deixamos de fazer no passado! E isso nos deixa impotentes, pois não fazemos no presente o que precisa ser feito para não amargurar uma missão não concluída ou uma preocupação com um prazo apertado.

A vida se confunde com o esporte o tempo todo…

As vezes vamos treinar com a cabeça em outro lugar, e o resultado geralmente nunca é satisfatório.

Numa competição então isso é ainda pior, a pressão da torcida, dos outros competidores, do técnico, e até da sua mente acabam transformando os menores desafios e obstáculos em gigantes imbatíveis pois focamos demais neles.

É como se a nossa mente fosse uma câmera com zoom, quanto mais focamos naquele objeto de nosso temor, maior ele se torna diante da gente.

Devido ao nosso estilo de vida agitado criamos um turbilhão de pensamentos e emoções dentro de nós, porém tudo o que precisamos é sair das extremidades (passado e futuro) e ficar bem no meio, no olho do furacão onde está a calmaria.

Imagine-se como um computador processando mil programas e aplicativos ao mesmo tempo, naturalmente o seu processador irá super aquecer e logo todo o seu sistema operacional começará a travar.

O mesmo ocorre com a grande maioria das pessoas, que coincidentemente segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde)  mais de 90% da população mundial sofre ou sofreu de estresse.

Será mesmo coincidência comparando-se com os menos de 10% da população mundial que medita?

O resultado de todo esse estresse (talvez você também já tenha sentido pelo menos um deles): frustração, depressão, tristeza, síndrome de pânico, Burn out, pressão alta, problemas cardíacos e a lista vai.

Quando o seu computador começa a travar, qual é a primeira coisa que você faz? Você reinicia o seu computador, correto? E ao reiniciar o seu computador o que está acontecendo dentro dele?

Ele está esvaziando a memória cache armazenada na BIOS do processador…

Meditar é preciso!

Mais de 200 pesquisas científicas diferentes vem sendo conduzidas no mundo todo desde 1950 para comprovar a eficácia da meditação para o combate aos diversos males de nossa mente, sendo os principais deles o estresse e a depressão, e hoje em dia esta técnica de exercício da atenção plena é usada por cada vez mais psicólogos como uma das principais e mais poderosas formas de terapia para tratamento destes males SEM MEDICAMENTOS.

E por que você não dá uma reiniciada na sua máquina mais poderosa?

Tudo o que você precisa é de apenas 10 minutos por dia para reiniciar a sua máquina. Só precisa ficar sozinho com seus pensamentos, sem distrações, focando na respiração e no presente através de uma prática de meditação para atingir a sua atenção plena e esvaziar a sua mente de todo o lixo que a bloqueia de ter pensamentos claros e focados.

E então caros espartanos, estão esperando o quê para começar a meditar?

Caso precise de alguma ajuda, nós do Spartancast temos a solução! Gravamos no nosso canal de podcast um episódio com uma aula de meditação e um exercício guiado no final para te colocar neste estado de atenção plena.


Also published on Medium.

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness dando treinamentos corporativos em todos os continentes do mundo. DJ, Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers and Therapists Association (IMTTA), Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA). Diretor e Representante da IMTTA no Brasil formando mais de 200 Professores de Meditação e Terapeutas. CEO do SOMA Awakening Breathworks nos Países de Língua Portuguesa.