fbpx

Fique por Dentro do Mindfulness

Mindfulness fique por dentro

Mindfulness fique por dentro

Apesar da inspiração budista, o conceito da atenção plena se diferencia dos outros tipos de meditação por ser uma atividade laica e que pode ser praticada em qualquer circunstância do dia a dia.

Tem horas em que você acha que a vida seria bem melhor se você pudesse desligar sua cabeça do presente?

Pois o caminho é justamente o oposto. É bem verdade que, em tempos de Whatsapp e agenda apertada, focar a atenção naquilo que estamos fazendo no momento nem sempre é uma terafa fácil.

Mas é este o objetivo do mindfulness: desenvolver um estado mental de atenção plena por meio da meditação.

A ideia é focar, de forma intencional, na experiência do momento presente, sem julgá-lo, criticá-lo ou reagir a ele de maneira automática. Com isso, mesmo em circunstâncias difíceis, abre-se espaço para que possamos fazer escolhas mais conscientes e funcionais, influenciando positivamente a forma como lidamos com os desafios do dia a dia.

A Prática

Os exercícios se assemelham à meditação tradicional, na qual sentamos de olhos fechados, com postura ereta, e despertamos para a experiência do corpo, das emoções, da mente e da respiração. Sempre retornando o foco para a experiência como ela é.

Explica Vitor Friary, psicólogo e diretor do Centro de Mindfulness e Redução de Estresse do Rio de Janeiro (RJ).

Apesar das raízes budistas, o conceito da atenção plena se difere dos outros tipos de meditação por ser uma atividade completamente laica, ou seja, sem envolvimento com questões religiosas ou místicas. Além disso, trata-se de uma técnica que pode ser exercitada em qualquer circunstância do cotidiano, despertando a consciência para as informações extraídas por meio dos cinco sentidos, e não apenas naquele momento em você resolve respirar profundamente sentado em posição de lótus.

Ao lavar louça, por exemplo, você pode praticar a atenção plena sentindo o cheiro do sabão e a água escorrendo pelas mãos. Ou estar na praia e apreciar o pôr do sol, ver as cores, cheirar os aromas. Isso é estar presente em vez de estar fazendo algo enquanto a cabeça pensa em outras coisas.

Pontua Friary.

Programa de Mindfulness

Normalmente, o programa é ensinado em um curso de dois meses, com reuniões semanais de duas horas e meia. No centro de ensino e prática de intervenções baseadas em mindfulness Mente Aberta, vinculado à Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-Unifesp), os participantes também aprendem a fazer caminhadas meditativas e movimentos corporais com atenção plena.

Mas é importante praticar todos os dias.

A ideia é manter-se mais em contato com sua vida, numa atitude de abertura, gentileza e não julgamento, diminuindo assim a reatividade (piloto automático), saindo de pensamentos ‘ruminativos’, que podem ser prejudiciais, e prendendo-se menos a eventos passados ou ao temor do futuro.

Descreve o psicólogo Marcelo de Oliveira, membro e professor do Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde (Mente Aberta).

O que sabemos cientificamente é que, quanto mais ‘mindfulness’  você for, menos ansiedade, depressão, esgotamento profissional e mais qualidade de vida você terá”, completa.

O Segredo está na sua Simplicidade

Embora os programas sejam simples, e possam até ser encontrados em livros ou na internet, quem sofre de transtornos mentais deve contar com a orientação de um instrutor com formação em saúde antes de se iniciar na prática.

“É preciso haver um cuidado especial em casos de crises dissociativas, como em pacientes com esquizofrenia”

Comenta Marcelo Demarzo, coordenador do Mente Aberta.

O centro atua com sete grupos distintos. Quatro deles são voltados a pacientes com ansiedade e depressão, compulsão alimentar, dores crônicas, hipertensão e diabetes. Outros dois destinam-se a policiais e gestores da área da saúde. E há um grupo de compaixão aos sábados para pessoas que já tenham feito o programa de mindfulness e queiram continuar se reunindo para praticar juntas.

E você quer começar a meditar agora?

Então dê uma conferida nessa técnica de meditação mindfulness em 3 fases!

mindfulness

Lista VIP do Whataspp : Receba em primeira mão os nossos conteúdos pela Lista de Transmissão 👉🏼 http://bit.ly/whatsappcienciadatransformacao

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness com atuação na área esportiva e empresarial. Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers Trainers Association (IMTA) e Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA).