fbpx

A Verdade Cura: 5 Razões pra Parar de Esconder a Ansiedade e a Depressão

Ansiedade e Depressão

Ansiedade e Depressão

Ansiedade e Depressão são grandes males que precisam ser aceitos e tratados abertamente para que possamos atingir a cura.

Eu não vi meu primeiro terapeuta até que eu cheguei aos 30 anos. Meus pais, em minha juventude, muitas vezes ameaçavam me levar “para ver alguém” se eu “não mudasse o meu comportamento”. Não entender por que eu me sentia assim, e não querendo causar nenhum problema com minha família, ou suas finanças tendo que pagar por ajuda profissional, eu fiz o meu melhor para escondê-lo.

Mais tarde, descobri que antes teria sido melhor se eu tivesse sido enquadrado nos sintomas de ansiedade e depressão funcional grave por um profissional do que ter segurado a barra sozinho por tanto tempo. Em outras palavras, eu poderia disfarçar e fazer parecer que eu lidava bem com a vida, mas por dentro eu estava me despedaçando.

Pessoas que lutam com problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão, muitas vezes sentem a necessidade de esconder essas lutas dos outros.

Talvez elas tenham encontrado uma pessoa do seu convívio que lhes disseram que a ansiedade era frescura ou era normal e elas precisavam apenas relaxar mais e ligar menor pras coisas. Na teoria isso é muito fácil, mas quando sentimos emoções sufocantes que nos partem ao meio é realmente difícil simplesmente relaxar e dar menos importância pras preocupações.

Ou talvez elas tenham se encontrado com outra pessoa bem-intencionada que lhes disse que a depressão “está em sua cabeça” e eles precisavam se recompor e continuar.

Seja qual for o caso, muitas pessoas hesitam em deixar que os outros saibam sobre suas batalhas internas contra a ansiedade e depressão. Aqui estão 5 grandes razões pelas quais você deve conversar com uma pessoa em quem você confia sobre a sua saúde mental:

1. Estes “Males” querem você Isolado

Isso se aplica especialmente àqueles que têm depressão. A depressão tende a fazer com que seu portador queira desaparecer e se esconder daqueles que poderiam oferecer ajuda e cura. Por natureza, a depressão é auto-sabotadora e tenta manter aqueles que a possuem em total silêncio e isolamento.

Mas saiba que duas pessoas podem:

  • Concluir projetos com mais rapidez do que apenas uma pessoa
  • Ajudar-se mutuamente quando caem
  • Manter-se aquecido durante as estações mais frias
  • Dominar um “inimigo” que tenta atacar

Embora o primeiro não se aplique necessariamente à ansiedade ou depressão, os três últimos certamente se aplicam. A ansiedade e depressão derrubam quem as tem. Mas na proximidade de uma pessoa que conhece a sua luta, você pode ter alguém para ajudá-lo a se erguer. Eu tenho um número de pessoas em quem confio e que eu pude contar durante os meus episódios mais severos.

Eles também podem nos manter aquecidos durante as temporadas de inverno. Ansiedade e depressão podem transformar uma perspectiva positiva em fria em questão de segundos. Pode acontecer a qualquer momento sem aviso prévio e permanecer por meses – anos. No entanto, aqueles que nos amam podem ajudar a nos aquecer. Eles podem nos encorajar e nos ajudar a “ter ânimo” e esperar a primavera voltar.

Embora a depressão e a ansiedade sejam doenças reais resultados de um mundo doente, os seus sintomas podem nos convencer de que estamos sozinhos, de que não merecemos ter um lugar neste mundo e que nunca superaremos esses eventos. Nesses momentos, os outros podem nos ajudar a superar o “inimigo” através do apoio, compreensão e até oração, ao invés de ter que lutar contra esses males sozinho.

2. As Pessoas Podem te Ajudar ou Torcer por Você nos Seus Desafios Específicos

Se os outros sabem com o que você luta, eles podem se lembrar mais vezes de você oferecendo consolo, ajuda e suporte quando precisar. Sem falar, que se eles conhecerem alguém que passou por ansiedade ou depressão antes, ou que já lidou com esse mesmo tipo de situação, essas pessoas podem ter mais compreensão sobre o que você está passando.

Nesses momentos o que mais precisamos é de compreensão, mas também pessoas para nos manter motivados positivamente a continuar buscando ajuda profissional e tratando esses males adequadamente.

3. Pessoas com Histórico Mental Similar podem te Ajudar

Nós nos confortamos com o fato de que outras pessoas passaram por situações similares ou até piores que a nossa. Nós nos inspiramos nas histórias de sucesso e superação, nós olhamos para  esses exemplos para seguir em frente.

O mesmo se aplica as pessoas que lidaram ou lidam com as mesmas aflições. Quando meus pais se divorciaram, fiquei mais confortável nos conselhos daqueles cujos pais também se separaram do que daqueles que nunca conheceram a dor da separação dos pais. Em minhas lutas com a depressão e a ansiedade, tive muita alegria ao ouvir as histórias de pessoas que tinham uma história semelhante e haviam superado.

Nós podemos olhar para essas pessoas e buscar conselho, suporte e compreensão, isso torna o processo muito mais fácil de ser vencido. Mas também precisamos ter ânimo para continuar nos tratando e seguindo as recomendações profissionais.

4. Isto Pode Ajudar a Acabar com o Estima a Cerca da Saúde Mental

Muitas pessoas ignorantes afirmam que aqueles que têm problemas de saúde mental têm problemas com a fé e não com suas faculdades cognitivas. Muitas vezes esquecemos que o cérebro é um órgão.

Escaneamentos cerebrais mostraram diferenças fisiológicas entre os cérebros dos indivíduos saudáveis daqueles que lidam com transtornos mentais.

Sim, a sua fé pode curar todas as doenças, e a depressão e ansiedade não são de modo algum uma exceção. Mas as pessoas devem abordar a depressão e a ansiedade da mesma maneira que nos aproximamos de qualquer outra doença. Se minha amiga tiver asma, não posso dizer a ela: “supere isso e avance. É apenas nos pulmões”Da mesma forma, não podemos dizer a alguém que tem depressão: “Supere isso. É só no seu cérebro!”.

Se nos tornarmos mais abertos sobre a nossa saúde mental, podemos ajudar a acabar com o estigma que envolve a depressão e a ansiedade. Quando percebemos quantas pessoas lutam com isso dentro do nosso próprio convívio, podemos avançar para nos ajudarmos mutuamente a superá-las.

5. A Cura Vem do Reconhecimento do Problema

Durante muito tempo, não queria acreditar que eu tinha depressão ou ansiedade. Eu resisti a ver profissionais e terapeutas. Mas eu não consegui receber a medicação, o diagnóstico ou o plano de tratamento adequados, a menos que eu fosse até eles e admitisse com o que estava lutando. Somente quando reconhecemos a luta podemos encontrar a cura de que precisamos.

Jamais aceitaremos ou procuraremos ajuda até que reconheçamos que temos um problema em primeiro lugar.

No entanto o primeiro passo no caminho para a cura definitiva é reconhecermos que de fato algo nos incomoda. Não é vergonha nenhuma dizer que temos depressão ou ansiedade, e muito menos deveria ser vergonha dizermos isso para nós mesmos.

A Verdade Cura, aceite, reconheça e busque ajuda e lembre-se sempre… Você não está sozinho, somos todos um!

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness com atuação na área esportiva e empresarial. Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers Trainers Association (IMTA) e Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA). Master Trainer de Mindfulness da IMTTA e representante do SOMA Awakening Breathworks no Brasil.