fbpx

Curando Nossas Energias Masculinas e Femininas

Sagrado-Feminino-e-Sagrado-Masculino

Independentemente do nosso gênero ou do gênero com o qual nos identificamos, todos somos feitos de energia, energias masculinas e femininas. Podemos ver isso também na natureza. Masculino e feminino caminham em pares, alimentam-se um ao outro. Isso faz parte da dualidade que faz tudo em nosso mundo.

Ao longo dos anos, o feminino foi desrespeitado, desonrado e dominado pelo masculino ferido e pelo patriarcado. O mundo saiu do equilíbrio natural.

Olhar para as energias dentro de nós e tentar equilibrá-las reintegrando e incorporando mais a energia feminina é a chave para relacionamentos muito mais saudáveis ​​e um mundo mais equilibrado e melhor!

Ambas as energias masculinas e femininas têm um aspecto doente e ferido e um aspecto divino e saudável. A parte ferida vem do ego, um lugar de medo e escuridão que sempre leva à dor.

Quando tomamos consciência de nossos padrões doentios, de nosso eu ferido, podemos parar de recriar os mesmos padrões, parar de projetá-los nos outros e curar nossos relacionamentos.

O masculino insalubre alimenta o feminino insalubre e vice-versa, e também encontramos isso em nossos relacionamentos. O que geralmente cria co-dependência e nunca termina bem.

Mas quando estamos cientes disso, o masculino e feminino doentios podem se curar e se tornar saudáveis ​​novamente. O masculino saudável e o feminino saudável crescem juntos e se unem como um. Quando os dois estão saudáveis, somos curados de dentro para fora. Essas energias se tornam divinas.

Depende de nós integrar o divino masculino e feminino.

A mudança está acontecendo, o feminino está crescendo, nosso mundo anseia por mais equilíbrio. Todos nós temos o poder de assumir as expressões mais elevadas de nós mesmos para criar mudanças.

Abaixo estão as características do masculino e feminino saudável/divino e do masculino e feminino doente/ferido. O que todos nós podemos fazer é ver onde nos reconhecemos nas listas de feridos. Todos nós temos algumas feridas que levam a comportamentos não saudáveis ​​em nossa energia masculina, bem como na energia feminina, independentemente do nosso gênero.

Este é um bom indicador para nós de onde ainda temos alguma cura a fazer e onde podemos entrar em nossas energias divinas para integrá-las.

Lembre-se de que ambas as energias caminham juntas, portanto, se você cultivar seu feminino saudável, isso ajudará a desenvolver seu masculino saudável e vice-versa.

Esta é uma ótima ferramenta de autodescoberta e pode ser muito valiosa em nossos relacionamentos. Uma vez que estejamos inteiros e completos em nossa energia masculina e feminina (quando ambas estão saudáveis ​​dentro de nós), podemos criar e nutrir relacionamentos bonitos, saudáveis ​​e bem-sucedidos e isso é então refletido em nosso mundo. É assim que criamos mudanças. Começando por nós mesmos.

O Feminino Divino e Saudável:

  • Ela é aterrada, receptiva, reflexiva
  • Ela define bem os seus limites
  • Ela é graciosa em sua força
  • Ela é amorosa, empática, compassiva e apoia os outros
  • Ela sabe como pedir o que precisa
  • Ela é vulnerável
  • Ela é autêntica
  • Ela não tem medo de falar o que quer e o faz sem nenhuma vergonha
  • Ela flui pela vida sem esforço
  • Ela sabe como se render, ser aberta e confiante
  • Ela é naturalmente intuitiva e ouve seu coração ao invés de sua mente
  • Ela se manifesta e cria
  • Ela está confiante em seu corpo e em sua feminilidade.
  • Ela exala uma energia linda e sensual e atrai naturalmente.

O Masculino Divino e Saudável:

  • Ele está profundamente presente e ouve sem se distrair
  • Ele não julga
  • Ele cria um ambiente seguro
  • Ele não leva as coisas para o lado pessoal
  • Ele é uma força orientadora, apoia e encoraja
  • Ele tem disciplina e sabe quando se concentrar
  • Ele é uma pessoa de palavra, honesto e responsável
  • Ele é humilde
  • Tem integridade
  • Ele é útil e faz o que é necessário sempre visando o bem maior
  • Ele é aterrado e firme

O Feminino Doente e Ferido:

  • Ela geralmente é insegura e procura validação externa
  • Ela pode ser crítica e seus entes queridos sentem que nunca farão nada certo porque ela sempre tem algo a criticar
  • Ela é carente em seus relacionamentos, ela precisa se sentir amada e pede (implora) por isso
  • Ela não consegue controlar suas emoções
  • Ela tende a ser manipuladora
  • Ela tem medo da perda e é muito apegada (de uma forma doentia e excessiva)
  • Ela se conecta e compartilha suas emoções e necessidades excessivamente mesmo sem ter espaço para fazê-lo
  • Ela está desesperada por amor e sempre correndo atrás dele
  • Ela se sente como uma vitima
  • Ela se sacrifica; ela prioriza os outros às suas custas
  • Ela pode parecer inautêntica
  • Ela tem um masculino interno doente: sem limites ou autocontrole

O Masculino Doente e Ferido:

  • Ele é competitivo e sempre quer vencer
  • Ele está focado apenas em metas e apegado ao sucesso
  • Ele tende a evitar conexões e pode ser frio e distante
  • Ele leva tudo para o lado pessoal
  • Ele precisa estar certo
  • Ele teme o fracasso
  • Ele se defende atacando, acusando
  • Ele às vezes foge do amor, se retrai, cria separação
  • Ele pode ser agressivo
  • Ele é crítico e julgador
  • Ele é narcisista e egoísta
  • Ele não consegue ouvir os outros
  • Ele está preso na mente
  • Ele não está em contato com suas emoções
  • Ele pode ter vícios em trabalho, drogas, televisão, etc.
  • Ele tem um feminino interno doente que é sério, rígido e controlador

Sobre Autor

Professor Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness dando treinamentos corporativos em todos os continentes do mundo. DJ, Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers and Therapists Association (IMTTA), Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA). Diretor e Representante da IMTTA no Brasil formando mais de 200 Professores de Meditação e Terapeutas. CEO do SOMA Awakening Breathworks nos Países de Língua Portuguesa.