fbpx

Corrida De Obstáculos Para Mulheres – 8 Dicas Para Bravus Race

Corrida de obstáculos para mulheres modinha ou superação.jpg

Corrida de obstáculos para mulheres modinha ou superação.jpg

Depoimento da nossa Espart’Ana  para as demais mulheres que desejam engrossar as fileiras espartanas!

Em 2015 foi o despertar do Crossfit, atividades de rua, aplicativos de treinamento no celular para se fazer em casa e uma série de opções para quem não gosta de frequentar academia mas também não quer saber de desculpas!

A Bravus Race também não foi diferente, o número de inscritos somente nas duas últimas etapas que participei deu um pulo de 5000 inscritos para 8000… É muita gente…

Ai vai a pergunta, será modismo ou tendência de superação?

Se for moda, tomara que essa moda pegue pra valer! Se for pra ajudar a diminuir a obesidade no Brasil está valendo mesmo!! Afinal quem quer fazer bons tempos e correr pra valer uma Bravus Race, existe a bateria elite, mais exigente, com tempo contado e maiores restrições no momento de cada obstáculo…

Mas esta não é minha intenção nessa matéria hoje… Quero compartilhar com vocês a minha história de superação dentro da Bravus este ano! Afinal, como ja diz o nome, é para você superar seus limites!!!

Alguns pensamentos que podem vir na mente de mulheres iniciantes:

  • Nossa isso é muito difícil pra mim.
  • Nunca vou conseguir.
  • Tenho que treinar muito pra chegar lá.

Eu te respondo… Você tem que treinar, sim tem que treinar, mas o ser humano tem uma capacidade de se subestimar muito grande e as vezes você está pronta mas acha que não vai conseguir e acaba perdendo a chance de provar para si mesma que é capaz!

Então aqui vai algumas dicas importantes para que você possa começar 2016 com o pé direito e correr todas as Bravus conosco!!!

1. Não adianta se matar na academia se preparando se você não se alimentar direito!

A alimentação vem em primeiro lugar! Gosto de fazer a seguinte comparação, você consegue fazer até uns três treinos por dia, mas você precisa fazer seis refeições ao longo do dia (de 3 em 3hs) dessa proporção você já sabe onde está seu maior aliado ou maior vilão!

2. Você precisa sentir que seu peso te ajuda mais do que atrapalha…

Faça uma avaliação com um profissional de sua confiança, sinta-se em forma, você não precisa estar seca pra isso… Mas é importante você se sentir segura e flexível o suficiente nos seus treinos, uma métrica muito importante é o tempo que você completa seus exercícios, começou a diminuir seu tempo, melhorar seu desempenho você já pode sim fazer uma Bravus!

3. Tem muita gente na prova disposto a ajudar, na verdade ali é para você superar seus limites!

Não tem ninguém pior ou melhor, estão todos sujos de lama e o melhor é justamente isso… Você está ali para se superar!

4. Se ficar muito no mimimi nem vá…

Essa prova é pra quem realmente quer se superar e não ficar com medinho, muito menos nojinho! É normal ficar com medo, o melhor é ir com medo mesmo (Né Jonatas!!! rsss)

5. Trabalhe muito mais sua mentalidade!!

Os obstáculos na prova podem ser usados por você como metáforas em sua própria vida, situações cotidianas que você julga difícil de concluir ou medos, traumas de infância, use isto a seu favor, se você concluir a prova e tiver passado por todos os obstáculos, imagine outros obstáculos em sua vida cotidiana…

6. Curta o processo…a jornada…se divirta…sempre…

Sua energia é crucial para seu desempenho em cada obstáculo, especialmente sua comemoração ao passar por cada um deles! Grite, pule, sorria… Você conseguiu!!!

7. Detalhes para as mulheres que fazem toda diferença:

Vá de biquíni por baixo da roupa, na hora da ducha de 2 minutos isso faz total diferença, quanto menos roupa melhor! Leve duas toalhas ou até três (eu amo aquelas toalhas de microfibra da Decathlon por exemplo, são finas, ocupam pouco espaço e secam muito rápido). Use um shorts ou legging bem agarrado, preferencialmente até um número a menos se não ficar muito desconfortável….na hora do obstáculo ‘Serra Pelada’ você não corre o risco de ficar sem… Garanta seus tênis bem amarrados!!! Leve até umas duas trocas de roupa e não faça como eu na última prova…esqueci meus chinelos e depois fomos confraternizar, eu parecia uma mendiga descalça no restaurante… kkkkkk…

8. Leve alguma comida saudável, se sua bateria de largada for mais tarde…

Assim você não gasta um dinheiro desnecessário nos food trucks que são caros e com alimentos completamente pobres em nutrientes… Essencial para antes da prova… Eu também levei um garrafão de água de dois litros, isso me ajudou depois no shake de recuperação após a prova e não senti sede, mas não tome muita água antes….os banheiros químicos são seu primeiro obstáculo… Ninguém merece aquele cheiro insuportável…hahaha

Se programe, em março teremos a primeira Bravus do ano! Acontece em vários estados e você não pode perder! Todos tinham que passar por essa experiência! Sentimento de superação maravilhoso!

Caso ainda não tenha ouvido nosso último Podcast com dicas de como passar por cada um dos obstáculos da Bravus Race, não perca tempo e clique aqui!

 

Artigo elabora por:

Ana Agostini

Corrida de obstáculos para mulheres

Sobre Autor

Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness com atuação na área esportiva e empresarial. Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers Trainers Association (IMTA) e Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA).