fbpx

5 Maneiras de Controlar as Crises de Ansiedade!

Crise de Ansiedade

Como controlar uma crise de ansiedade e quando procurar ajuda especializada?

Você sabe como controlar uma crise de ansiedade? Essa informação é muito importante principalmente para as pessoas que convivem com esse problema e costumam experimentar picos de ansiedade e até mesmo ataques de pânico, que podem interferir em suas atividades.

Sentir um pouco de ansiedade é normal para qualquer um, mas quando o quadro se torna intenso demais e afeta o dia a dia, é preciso ficar atento e procurar ajuda, além de é claro, aprender formas e ferramentas para gerenciar os momentos de crise.

Como esse é um assunto muito importante, eu vou ensinar neste artigo algumas maneiras de como agir em momentos de crise de ansiedade e esclarecer quando é preciso buscar ajuda especializada.

Quais são os sintomas de uma crise de ansiedade?

Quando estamos esperando por notícias importantes, temos uma entrevista de emprego muito necessária, aguardamos uma resposta de algúem ou, até mesmo, uma data especial, é comum ficarmos ansiosos.

Essa é uma reação de espera/expectativa que qualquer um pode experimentar.

No entanto, algumas pessoas sentem a ansiedade de uma forma intensa, com preocupação extrema, e a impressão de estarem constantemente ameaçadas ou de que não conseguirão vencer os problemas, de que tudo vai dar errado.

Existem alguns sintomas característicos de pessoas ansiosas, como:

  • agitação;
  • perda de sono;
  • falar mais do que o normal;
  • não conseguir completar atividades;
  • perda de memória;
  • compulsão por comida.

Em alguns casos podemos incluir o consumo excessivo de álcool, medicações ou o uso de drogas.

Esses são comportamentos comuns para aliviar a ansiedade excessiva, então com esses sintomas podemos perceber uma crise de ansiedade. Algumas pessoas, em casos mais graves, chegam a ter palpitação, sudorese excessiva, entre outros.

Indivíduos ansiosos costumam ter o comportamento de quem está constantemente em tensão, mas durante a crise de ansiedade, além dos sintomas citados acima, outros podem se manifestar em reações como:

  • tremores;
  • falta de ar;
  • sensação de desmaio;
  • sensação de sufocamento;
  • calafrios;
  • náuseas;
  • desconforto abdominal.

Embora essa condição esteja relacionada com a saúde mental, os sintomas que a ansiedade manifesta são físicos, por isso é importante saber como controlar uma crise de ansiedade para recuperar o equilíbrio da mente, das emoções e do seu próprio organismo.

Quais são os recursos para controle imediato?

A ansiedade é um quadro constante que se manifesta de forma mais ou menos intensa em dados momentos. Assim, o ideal é que o controle seja contínuo para evitar as crises. Diversos especialistas recomendam, por exemplo, a prática de atividades físicas, meditação e yoga.

Entretanto, quando a crise se manifesta é preciso agir de imediato a fim de recuperar o seu ponto de equilíbrio. A seguir, te explicarei algumas técnicas eficazes para esses momentos de pico de estresse e ansiedade.

1. Diminuir o ritmo da respiração

Durante as crises de ansiedade é comum a respiração ficar totalmente rasa, ofegante e descontrolada. A pessoa pode hiperventilar (respirar muito rápido), trazendo sensação de cansaço, sufocamento e, até mesmo, alteração na frequência cardíaco. Por isso, primeiro, reduza o ritmo da sua respiração.

Apenas de especial atenção na sua respiração, focando na inspiração e expiração, com especial enfase na inalação sempre enchendo completamente os pulmões para oxigenar o organismo. Respirar de maneira rápida não permite o aproveitamento correto do oxigênio, intensificando os sintomas. Então, respire lenta, suave e calmamentem.

Você pode praticar alguns exercícios para controlar a respiração. Confira três opções.

  1. coloque a mão no abdômen e foque no movimento de inspiração e expiração, com calma e profundidade;
  2. inspire pelo nariz contando até quatro, segure o ar, expire pela boca contando até quatro. Depois de esvaziar o pulmão, conte até quatro novamente para inspirar de novo;
  3. inspire pelo nariz contando até quatro e expire pela boca lentamente contando até oito. Repita até se sentir calmo.

2. Desviar a atenção dos sintomas

As reações físicas provocadas pela crise de ansiedade costumam ter um fundo psicológico. Na maioria das vezes não há nada de errado com o organismo, então, para controlar esse quadro é preciso tirar o foco do que está acontecendo.

Caso esteja sentindo tremores ou palpitação, por exemplo, foque na respiração e não se concentre nos desconfortos. Assim que você se acalmar esses sintomas vão reduzir automaticamente, mas se você mantiver a sua atenção neles a tendência é de que pareçam ainda mais intensos.

3. Relaxar os músculos

Uma crise de ansiedade provoca um quadro de tensão extrema, e uma das reações de defesa do organismo é manter os múculos tensionados. E com isso surgem é claro, os desconfortos, como dificuldade para respirar e dor de cabeça ou dores pelo corpo. Caso você não saiba, inclusive as dores crônicas e fibromialgia tem como causa direta a ansiedade.

Preste especial atenção em si mesmo, no seu corpo, e perceba se você não está, por exemplo, contraindo os ombros ou as costas. Nem sempre há uma alteração na postura, mas os músculos se mantêm rígidos, então, procure soltar o seu corpo e relaxe.

4. Distrair a mente

Não há como controlar uma crise de ansiedade mantendo o foco naquilo que a engatilhou. O ideal é voltar a atenção para algo totalmente diferente, sem nenhuma relação com o que está te incomodando.

Uma dica sugerida é participar de algum jogo, alguma coisa que concentra a atividade mental em algo além do motivo da sua ansiedade. Você pode assistir a um filme, ouvir música, preparar biscoitos ou um bolo, brincar com um aplicativo ou conversar nas redes sociais.

Mas a meditação sempre será a melhor opção.

5. Usar meditações de imaginação guiada

Uma vez que a ansiedade é um estado de tensão e nervosismo, para controlar uma crise você pode recorrer à meditações de imaginação guiada. Feche os olhos e projete sua mente para fora de onde está, em direção a um lugar que represente paz e tranquilidade. Enriqueça com detalhes e procure aproveitar essa imagem mental.

É possível tratar a ansiedade?

Diversos estudos apontam que podemos controlar a ansiedade quando praticamos atividades físicas, como andar de bicicleta ou caminhada. Também é possível adotar práticas relaxantes — meditação, yoga e exercícios de meditação com respiração.

Essas medidas ajudam a tratar a ansiedade, mas é preciso olhar para a pessoa ansiosa de uma maneira mais completa. O quadro é de fato tratado quando há uma mudança positiva dos hábitos e comportamentos, pois isso influência no equilíbrio da saúde mental.

O tratamento da ansiedade, portanto, envolve pequenas mudanças no dia a dia que ajudam a evitar a sobrecarga de atividades e quadros de estresse geral. Entretanto, pode ser necessário adequar a alimentação, o sono e o relaxamento.

O importante é saber o momento certo de procurar ajuda… Quando a crise de ansiedade passa afetar a vida da pessoa, ela deve procurar ajuda especializada. Por exemplo, quando isso afetar um relacionamento ou o trabalho, ficando tão ansiosa que acaba não conseguindo desenvolver suas tarefas diárias.

Também é preciso buscar ajuda quando há sintomas associados, como a crise de pânico, e ainda se a pessoa estiver fazendo uso excessivo de medicação ou começar a beber demais quando não tinha esse hábito; se a pessoa está apresentando caso de irritação constante e não está conseguindo se relacionar essa também é uma boa hora de buscar ajuda e ferramentas para lidar com a ansiedade.

Foi por isso que eu criei a Imersão Online SOMA S.O.S. Ansiedade para dar a ajuda especializada de uma maneira fácil e acessível para todos aqueles que estão nesse estágio de ansiedade onde a ajuda se faz necessária.

Para mais informações sobre o SOMA S.O.S. Ansiedade clique no imagem abaixo:

Sobre Autor

Professor Gabriel Menezes

Fundador do Spartancast, Consultor e Especialista Internacional em Liderança, Alta Performance e Mindfulness dando treinamentos corporativos em todos os continentes do mundo. DJ, Terapeuta Holístico (Registro Profissional CRTH-BR: 3128) e Professor de Mindfulness credenciado pela International Meditation Teachers and Therapists Association (IMTTA), Membro Executivo do International Institute for Complementary Therapists (IICT) e Membro Profissional da American Mindfulness Research Association (AMRA). Diretor e Representante da IMTTA no Brasil formando mais de 200 Professores de Meditação e Terapeutas. CEO do SOMA Awakening Breathworks nos Países de Língua Portuguesa.

Transformação Corporal - Rodrigo Leme

RODRIGO LEME – SÃO PAULO

  “Olá Espartanos!!!!! Sou Rodrigo Torres Leme, resido em São Paulo e sempre na minha vida tive a famosa saliência abdominal! Desde a minha infância ...