fbpx

3 Dicas Motivacionais de Todo “Guru” que Jamais Funcionam!

3 Dicas de Motivação que todo guru dá

Existem pessoas que conseguem ter uma sabedoria fantástica, mas existem outras que são completamente sem noção. Na verdade a maioria de nós é meio sem noção, e os poucos que se dedicam a trilhar o caminho do auto-conhecimento, acabam se sobressaindo e em alguns casos se tornam os nossos queridos “gurus da motivação”.

Mas será que todos estes “gurus” são um bando de oportunistas buscando seu lugar ao sol usando como ferramente a fraqueza alheia?

Nem sempre. Muitos querem genuinamente ajudar os outros a alcançar um nível mais elevado de sucesso.

Mas o problema está no como fazem isso pois muitas vezes, eles simplesmente acabam reforçando falsas noções (embora intuitivamente atraentes) sobre como funciona a motivação.

Veja essas 3 dicas de motivação que os gurus dão e que no fundo podem se transformar em uma barca furada.

  1. Ponha seus objetivos por escrito e é sucesso garantido;
  2. Dê o seu máximo;
  3. Visualize o sucesso.

Talvez você esteja se perguntando o que há de errado com essas dicas, já que elas são universalmente aceitas como úteis para manter a motivação. O problema não está na forma como elas são abordadas mas no modo como elas são levadas a serem encaradas, vamos esclarecer…

Ponha seus objetivos por escrito e é sucesso garantido!

Tem uma história que alguns gurus preferem ignorar que é a seguinte: Perguntaram para os formandos de Yale se eles tinham colocado os seus objetivos para o futuro por escrito, depois de 20 anos descobriu-se que apenas 3% destes estudantes conseguiram certa medida de sucesso nos objetivos escolhidos.

Que pistas a gente consegue tirar daqui? Com certeza saber o que você quer é muito importante, mas não garante nada, ou seja, ter objetivo é bom mas não é suficiente sem quebrá-lo em partes menores e executar as ações necessárias para a sua realização. Colocar objetivos por escrito, espalhá-los em post it pela casa, no shampoo, no retrovisor do carro, na porta da geladeira vai dar um certo trabalho e de certa forma vai te lembrar sempre do que deseja para o seu futuro, mas não vai te ajudar em nada se você não partir para a ação.

Dê o seu máximo!

Alguns acreditam que dizer a alguém, ou a si mesmo para “dar o seu melhor” é um grande motivador, isso é clichê nos filmes hollywoodianos inclusive. Na teoria é como se você estivesse pressionando o outro sem demonstrar isso, mas na realidade você está dando uma permissão para a mediocridade se estabelecer porque se não der certo, de qualquer maneira a pessoa ou você deu o seu melhor.

Edwin Locke e Gary Latham, dois renomados psicólogos organizacionais, passaram várias décadas estudando a diferença entre “dar o seu melhor” e sua antítese: “objetivos específicos e difíceis”. As evidências mostram que quando se tem um objetivo específico as chances de sucesso são muito maiores porque você se compromete com aquilo e inconscientemente aumenta seu esforço, foco e compromisso para ter sucesso independente de quão difícil aquilo seja, enquanto que simplesmente “dar o seu melhor”, significa que você está generalizando demais as ações necessárias e automaticamente se isenta caso o fracasso aconteça.

Visualize o sucesso!

Aqueles que defendem o chamado “positive thinking” (pensamento positivo) gostam muito dessa dica. Mas visualizar o sucesso, geralmente aquele tipo de sucesso sem esforço, não é de ajuda alguma, na verdade é o melhor jeito de fracassar.

A maioria dos gurus motivacionais entende que existe uma diferença enorme entre acreditar em ter sucesso e acreditar que o sucesso virá naturalmente. Otimistas-realistas acreditam que terão sucesso, mas também acreditam que devem fazer o sucesso acontecer usando ferramentas tais como esforço, planejamento cuidadoso, persistência, resiliência e a escolha de estratégias que funcionem. Eles não evitam ter “pensamentos negativos” do tipo: Que dificuldades posso enfrentar? Como vou lidar com elas? E se surgir uma situação totalmente nova, o que terei que aprender para continuar no meu caminho?

Já os apenas otimistas, acreditam que o sucesso vai acontecer, contanto que visualizem ao máximo as suas conquistas, inclusive a mídia está cheia de mensagens do tipo: Acredite. Mentalize. Na realidade esse tipo de projeção acaba drenando a energia que precisamos para alcançar nossos objetivos. Pessoas que perdem muito tempo fantasiando sobre o futuro maravilhoso que as aguarda geralmente não tem energia suficiente para chegar lá, tudo não passa de um sonho.

Você pode cultivar uma perspectiva otimista e realista combinando a confiança em sua capacidade de ter sucesso com uma avaliação honesta dos desafios que esperam por você. Não visualize o sucesso – visualize os passos específicos que você dará para que o sucesso aconteça e se esforce para alcançá-lo não importe o quão difícil seja.

É caro leitor, alcançar o sucesso é como subir uma escada muito alta. Se você ficar olhando para baixo vai querer parar ou descer por mais que tenha dito a si mesmo que subiria até o topo, pode até ter colocado por escrito, mas em certa altura, ao olhar somente para baixo ou para o quanto ainda falta sem estar atento ao momento presente é bem provável que você desista. Por outro lado, não adianta começar a subir a escada pensando em ir até onde der, ou fazer o seu máximo pra ver se consegue chegar ao topo, você tem que se esforçar mais do que o usual, sempre.

E qual é a medida desse esforço?

Sem fim!

É equivalente ao tamanho da escada, enquanto houver degrau, você continua se esforçando e isso nos leva ao fato de que quando estamos lá embaixo, apenas visualizar a chegada no topo não basta, você tem que planejar como vai subir, quanto vai subir até que tenha de recuperar as forças. Se tiver uma vertigem como você vai fazer? E se tiver cãibras? Como vai recuperar as forças quando elas estiverem quase acabando?

Sim, essas 3 dicas são úteis, mas se usadas da maneira certa, como ferramentas e não como soluções.

É por isso que nós do Spartancast não temos dicas poderosas e nem fórmulas para atingir o sucesso, antes buscamos ajudar nossos leitores a se desenvolverem e serem melhores que ontem, a reconhecer e lutar contra suas próprias fraquezas, a sair de sua zona de conforto mas sabendo para onde ir.

Apenas um conjunto de ferramentas bem formadas poderão te preparar para alcançar o que você busca, então continue com a gente, o caminho é tortuoso e difícil, você vai cair algumas vezes e pode até pensar que se perdeu, mas lembre-se você não está mais sozinho, nós somos o Spartancast!

Sobre Autor

Fábio Pedreira

Pai dedicado de 2 filhos com um terceiro a caminho. Atleta Livre e amador, não abre mão da alimentação saudável. Escritor nas poucas horas vagas tem a honra de publicar suas ideias nesse blog dedicado ao atleta amador.